Em discurso direto
We Blog
Ângelo Paupério

Resultados Anuais 2016

16 Março 2017

Oano de 2016 foi para a Sonae um ano de significativo progresso nodesenvolvimento da estratégia corporativa e das diferentes áreas de atividade,com resultados muito relevantes em termos de crescimento e reforço das posiçõescompetitivas dos principais negócios.

Considerandoas empresas sob influência de controlo, o volume de negócios alcançou 7.100 milhõesde euros, crescendo mais de 6%, e o EBITDA ultrapassou os 1.000 milhões deeuros, situando-se 4,2% acima do ano transato. O investimento total quaseatingiu 900 milhões de euros.

Evoluímospara uma organização com unidades de negócio mais autónomas, mais ágeis efocadas, capazes de melhor responder à velocidade de mudança dos mercados emque atuam. Demos particular atenção ao fortalecimento dos negócios de retalho,centros comerciais e telecomunicações, sem descurar o investimento em avenidasde crescimento que capitalizam na base de ativos existente e que promovem odesenvolvimento de competências alinhadas com as tendências e necessidades dosmercados do futuro.

Nototal do retalho, ultrapassámos pela 1ª vez 5.000 milhões de euros de vendas,com contributos positivos de todos os negócios (mesmo excluindo as aquisições),e aumentámos a qualidade do portefólio com a inclusão da Salsa e da Go Natural,bem como de outras participações de dimensão mais reduzida, mas com elevadacompetência em e-commerce, data analytics ou gestão da energia. Foi aindapossível negociar um acordo com a JD Sports para a constituição de um forteoperador ibérico de desporto, que capitaliza na dimensão e contributosfortemente complementares que as empresas que se integram possuem.

NaSonae Sierra continuámos com sucesso a estratégia de redução do capitalempregue em ativos maduros para investimento em novos centros e participaçõesminoritárias em fundos que potenciem a prestação de serviços e o crescimento doparque de centros comerciais sob gestão. Destaca-se, neste contexto, a aberturado ParkLake Plaza, centro comercial de conceção inovadora e exemplar queintroduziu novos standards no mercado Romeno e recolheu forte reconhecimentointernacional.

NaNOS, mantivemos a capacidade de crescer e aumentar rentabilidade, ao mesmotempo que continuámos a liderar a evolução das telecomunicações em Portugal,promovendo soluções de elevado valor para os clientes e toda a cadeia de valordeste setor de importância crucial na competitividade de qualquer país.

Nadivisão de Investment Management, adquirimos posições relevantes em trêsimportantes fundos de investimento com participações em algumas das maispromissoras empresas portuguesas do setor tecnológico, como a Outsystems ou aFeedzai, ao mesmo tempo que criámos uma organização capaz de gerir empresas emdiferentes fases de evolução do seu modelo de negócio e em que a participaçãoem movimentos de consolidação em mercado global se apresenta como fortepromessa de geração de valor.

Todaesta evolução foi possível num ano em que continuámos a reforçar a estruturafinanceira, uma vez que a dívida voltou a diminuir, a reduzir custo e aaumentar maturidade.

Temos assim consciência de que entramos em 2017com uma empresa melhor, mais sólida, com um portefólio melhorado e acrescidoconforto com a nossa estratégia, mas de onde nos vem maior confiança é daqualidade e dedicação das nossas pessoas que, vivendo com naturalidade osvalores da Sonae, todos os dias se esforçam para cumprir melhor a missão quenos move.


Ângelo Paupério,
Co-CEO da Sonae

Este website utiliza cookies que facilitam a navegação dos visitantes.

A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela SONAE. Consulte aqui a nossa Política de Cookies